COMO PODEMOS AJUDAR?

Home > Experiência Ford > Ford Blog > Tecnologia inteligente conecta
Technologia

Abril 1, 2022

Tecnologia inteligente conecta semáforos verdes a veículos de emergência

Em situações de emergência, tudo o que reduza a velocidade a que os socorristas podem chegar ao local de um acidente, fazendo-os abrandar, traduz-se em atrasos que se podem revelar fatais.

Em situações de emergência, tudo o que reduza a velocidade a que os socorristas podem chegar ao local de um acidente, fazendo-os abrandar, traduz-se em atrasos que se podem revelar fatais.

A Ford tem feito experiências com tecnologias de semáforos conectados que podem, de um modo automático, passar a verde, proporcionando rotas mais claras e diretas a veículos de emergência (ambulâncias, viaturas de bombeiros e policiais).Fordblog Technologia  A mesma tecnologia pode, também, ajudar a reduzir os riscos de acidentes causados pelos socorristas que conduzam através de zonas em que os semáforos se encontrem vermelhos.Fordpass Technologia 2

Os congestionamentos também poderiam ver-se reduzidos com semáforos que enviem informação dos timings de verde/vermelho para os veículos que se aproximem do local.

"Quer se trate de um carro de bombeiros com destino a um incêndio ou uma ambulância que se dirija ao local de um acidente, a última coisa que alguém quer é que estes condutores sejam apanhados entre outros veículos, tendo de esperar que os semáforos mudem de cor".

Martin Sommer

Engenheiro de Investigação, da divisão Automated Driving Europe, Ford Europa.

Road with two cars

O teste-piloto insere-se num projeto mais alargado que envolve a testagem de veículos automatizados e conectados com infraestruturas em rede em autoestradas, zonas urbanas e rurais. Esta investigação exemplifica o compromisso da Ford em usar a conectividade e a inovação para melhorar a experiência de condução como um todo.

Numa situação de resposta a uma emergência, o veículo emite um sinal para os semáforos para que estes se tornem verdes. Assim que o veículo faz a sua passagem pelo cruzamento, os semáforos retornam à operação normal.

Aquando da realização dos testes, no modo de condução diária, o veículo de ensaio recebeu a informação a tempo real sobre a disposição dos semáforos. Ao receber a informação de que o semáforo estava vermelho, a velocidade do veículo foi reduzida, mesmo antes do cruzamento. Desta forma, foi possível alinhar a sua chegada ao semáforo com o momento em que este passou a verde, por exemplo de 50 km/h para 30 km/h.

Car with sensor

Para veículos que se deparassem com um semáforo vermelho, a tecnologia poderia ainda ajudar a minimizar a travagem brusca e o tempo de impasse. O veículo recebeu a informação do semáforo muito antes do cruzamento e abrandou mais cedo, ajudando a reduzir o congestionamento.

comunicação entre veículos e semáforos é possível devido a tecnologia C-V2X (Cellular Vehicle-to-Everything). Os dados são trocados diretamente entre o veículo e o "dispositivo" que pode assumir várias formas, entre elas, uma infra-estrutura na berma da estrada, outros veículos e dispositivos que permitem avaliar as características do trânsito.

O projecto decorreu entre janeiro de 2020 e março deste ano.

Top