Telefonamos-lhe Configurador Test Drive Marcação Oficina Ask Ford
Home > Experiência Ford > Ford Blog > Teste real: Será que o Mustang Mach-E pode ultrapassar os dados oficiais da autonomia?
O Ford Puma aumenta a gama com novas versões. Qual é a sua?

Dezembro 20, 2021

Teste real: Será que o Mustang Mach-E pode ultrapassar os dados oficiais da autonomia?

A autonomia é provavelmente um dos problemas que assombram as cabeças dos utilizadores de carros elétricos ao escolherem o seu modelo ideal. Felizmente, veículos como o Mustang Mach-E conseguem dissipar todo o tipo de preocupações.

O novo e totalmente elétrico Mustang Mach-E -o primeiro carro que a Ford desenvolveu desde o início para proporcionar uma condução puramente elétrica e sem emissões- está disponível com opções de bateria de autonomia standard e de autonomia alargada, com tração traseira ou tração integral acionada por motores de ímanes  permanentes. Equipado com uma bateria de autonomia alargada e tração traseira, o Mustang Mach-E tem um alcance de condução puramente elétrico de até 610 km, de acordo com o Procedimento Global de Testes Harmonizados de Veículos Ligeiros (Worldwide Harmonized Light Vehicle Test Procedure – WLTP).O consumo de combustível/energia Nas configurações de autonomia alargada com tração integral, o Mustang Mach-E alcança uma potência de 351 CV e 580 Nm de binário.Com base nos cálculos do fabricante

Agora, o que é que se passa num verdadeiro test drive, como são estes dados de autonomia? Vai cumpri-los? Ou até, será que o Mustang Mach-E será capaz de ultrapassar os próprios dados oficiais de autonomia?

Esta foi a questão e o desafio que a equipa Viver Elétrico colocou; e para resolvê-la, decidiram testá-lo em condições reais num percurso urbano e suburbano em Portugal. O modelo escolhido para o teste foi o Mustang Mach-E de tração integral com bateria alargada, que oferece um total de 351 cv de potência, e 580 Nm de binário. Graças a estas características, este modelo vai dos 0 aos 100 km/h entre 5,1 e 5,6 segundosDados de teste da Ford baseados.

O teste, que decorreu ao longo de dois dias, levou a equipa a todo o tipo de rotas; se quiser saber qual foi o resultado final, não perca este vídeo.

 

Top