Home > Experiência Ford > Ford Blog > Ford E-Transit: clientes experientes serão vitais para o desenvolvimento de carrinhas elétricas
Ford E-Transit: clientes experientes serão vitais para o desenvolvimento de carrinhas elétricas

May 24, 2021

Ford E-Transit: clientes experientes serão vitais para o desenvolvimento de carrinhas elétricas

O Ford E-Transit chegará à Europa na primavera de 2022, mas antes do lançamento tem ainda alguns desafios pela frente. Provavelmente o mais importante é convencer os potenciais clientes. Para isso, a Ford vai disponibilizar protótipos desta carrinha 100% elétrica às frotas de várias empresas europeias. Será o derradeiro teste do algodão.

Se convencer o público a comprar um carro requer experiência e muito trabalho, na área dos veículos comerciais, estes aspetos são particularmente importantes. Na maioria dos casos, estamos a falar da ferramenta que os clientes precisam para o trabalho diário. Não é por acaso, portanto, que o Ford Transit está no mercado há mais de 55 anos – um sucesso para uma marca que tem vindo a desenvolver veículos deste tipo desde 1905.

Ser um líder da indústria como a Ford não é fácil, mas mais difícil ainda é permanecer entre a elite. Os primeiros passos da marca da oval azul na eletrificação foram na forma de versões MHEV, PHEV e HEV, mas entretanto já lançaram um SUV totalmente elétrico, o Ford Mustang Mach-E. O Ford E-Transit será um dos próximos veículos totalmente elétrico e chegará ao mercado no próximo ano.

Furgão elétrico vai submeter-se aos testes rigorosos dos clientes

Como parte do objetivo de alcançar a neutralidade carbónica até 2050, a Ford está paulatinamente a lançar veículos com "zero emissões" e um dos mais importantes é o iminente E-Transit. Mas antes deste novo veículo ser posto à venda, algumas das empresas mais importantes da Europa terão vários destes protótipos nas suas frotas para, em primeiro mão, poderem testar as capacidades reais do modelo como ferramenta de trabalho e também opinarem sobre possíveis melhorias ou mudanças.

Ou seja, os responsáveis pela chamada "última milha" no sector das entregas irão avaliar esta carrinha, de momento em áreas relacionadas com a entrega em supermercados e serviços postais na Alemanha, Reino Unido e Noruega.

Estes condutores serão os primeiros a tirar partido dos 350 km de autonomia do Ford E-Transit, zero emissões, um valor alcançado graças a uma bateria de 67kWh que proporciona três vezes a autonomia habitual para estas tarefas. Poderão também libertar 200 kW (268 cv) de potência e 430 Nm do seu motor elétrico, mais do que suficiente para se moverem com facilidade, mesmo quando transportam grandes cargas.

Também não podemos esquecer que estamos a falar de um veículo comercial que será disponibilizado com até 25 configurações diferentes, sendo capaz de adaptar a carroçaria em comprimento e altura às necessidades dos clientes, que, já agora, beneficiarão de uma redução de até 40% nos custos de manutenção.

Na melhor das hipóteses será possível atingir uma incrível capacidade de carga de quase duas toneladas, tudo com a segurança de sempre oferecida pelos melhores auxiliares de condução da casa, tais como o Sistema de Deteção de Ângulo Morto com Alerta e Assistência à Partida da Pista, o Cruise Control Adaptativo Inteligente, a FordPass Connect ou um sistema Pro Power OnBoard capaz de oferecer 2,3 kW para carregar várias ferramentas e dispositivos.

Top