Home > Pòs Venda > Informação Útil > Veículo em fim de vida
Veículos em Fim de vida da Ford

Veículo em fim de vida

Quando o seu Ford chegar ao fim de vida, nós damos-lhe uma nova. 
Na Ford, podemos prestar-lhe este serviço sem custos, graças à colaboração com a rede VALORCAR, cujos centros de abate se responsabilizam por toda esta gestão, em estrita conformidade com a diretiva relativa aos veículos em fim de vida (2000/53/CE)

A Diretiva relativa aos veículos em fim de vida

Introduzida em 2007, a Diretiva relativa aos veículos em fim de vida (2000/53 / CE) exige que os fabricantes satisfaçam a totalidade ou parte significativa dos custos de processamento de veículos em fim de vida com valor de mercado nulo ou negativo para todos os veículos das suas marca (s). Os fabricantes e os seus parceiros contratados também devem atingir metas rígidas de reutilização, recuperação e reciclagem - 85% do peso do veículo a partir de 2006 e 95% a partir de 2015.

Tudo o que precisa de saber sobre materiais perigosos.

  • Mais de mil milhões de baterias são eliminados todos os anos, as quais contêm metais tóxicos como cádmio, mercúrio, chumbo ou lítio, que são perigosos se não forem eliminados de forma adequada.

    É por isso que os fabricantes e concessionários Ford trabalham constantemente para ajudar a reduzir o impacto ambiental das baterias, seja pela organização de sistemas de recolha, ou pelo conceção de baterias, que, por si só, são já mais recicláveis e contêm menos materiais tóxicos.

    Atualmente, cerca de 90% das baterias de chumbo/ácido são recicladas, normalmente para refabricação ou reprocessamento, e todos os mercado da UE têm os seus próprios sistemas de recolha para minimizar o impacto ambiental. 

  • Todos os anos, mais de 3 milhões de toneladas de pneus usados são gerados na União Europeia. 2,5 milhões de toneladas desses pneus são reciclados ou recuperados.

    A maioria dos fabricantes da UE adotou um quadro jurídico, que significa que os fabricantes ou importadores de pneus são responsáveis pela recolha de pneus indesejados. 

  • A Ford Motor Company apoia a eliminação de veículos em fim de vida através de Instalações de Tratamento Autorizadas especificadas (AFT). Estas instalações obtiveram as licenças adequadas para o manuseamento, tratamento e eliminação de materiais perigosos.

    A Ford Motor Company também fornece às AFTs informação detalhada sobre desmantelamento, através do Sistema Internacional de Informação de Desmantelamento (IDIS). O acesso a este sistema é gratuito para todos os ATFs nos países abrangidos pelo IDIS. Para mais informações, a AFT pode entrar em contato com CRC ou ELVEU@Ford.com.

  • A Ford Motor Company também fornece às AFTs informação detalhada sobre desmantelamento, através do Sistema Internacional de Informação de Desmantelamento (IDIS): https://www.idis2.com/

    O acesso a este sistema é gratuito para todos os ATFs nos países abrangidos pelo IDIS.

    Para mais informações sobre IDIS, ou se desejar tornar-se um sócio de tratamento autorizado, pode entrar em contacto com EUELV@Ford.com.

     

  • O que é um Veículo em Fim de Vida (VFV)?

    Um VFV é um veículo das categorias M1 ou N1 (ligeiro de passageiros ou de mercadorias) de que o proprietário se pretende desfazer ou tem a obrigação de se desfazer.

    Quanto custa o abate de um VFV?

    O abate de um VFV é grátis, desde que o veículo seja entregue num centro de abate da REDE VALORCAR, nas seguintes condições:

    • Possua todos os seus componentes essenciais (p.e. motor, transmissão, caixa de velocidades, catalisador, carroçaria);
    • Não contenha resíduos de outras origens.

    Que documentos são necessários para abater um VFV?

    Para entregar um VFV num centro de abate terá de:

    • Entregar os originais do Livrete e do Título de Registo de Propriedade do veículo (ou o Certificado de Matrícula);
    • Apresentar o seu Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade e Cartão de Contribuinte;
    • Requerer o cancelamento da matrícula, através do preenchimento do impresso modelo 9 do Instituto da Mobilidade e dos Transportes - IMT (que será disponibilizado pelo centro – este impresso só pode ser assinado pelo proprietário do veículo. No caso de empresas a assinatura tem que ser reconhecida notarialmente).
    • Em seguida, o centro de abate emite o Certificado de Destruição e entrega imediatamente o original ao proprietário/detentor do veículo (que fica assim com o comprovativo que entregou o veículo numa empresa licenciada e que não tem mais responsabilidades). Posteriormente, o centro de abate remete ao IMT uma cópia do Certificado de Destruição, acompanhada da documentação do veículo e do seu proprietário. Logo que receba a documentação, o IMT procede ao cancelamento da matrícula e comunica tal facto à Conservatória do Registo Automóvel para que se proceda também ao cancelamento do registo de propriedade.

    O que acontece num centro de abate?

    Nos centros de abate os VFV são submetidos a dois tipos de operações: operações de despoluição e operações para promover a reutilização e a reciclagem. 
    As operações de despoluição consistem na remoção dos componentes que são considerados perigosos, tais como a bateria e os líquidos (p.e. óleos e combustível). As operações para promover a reutilização e a reciclagem consistem na remoção de diversos componentes, para revenda como peças em segunda mão (p.e. faróis e portas) ou para reciclagem (p.e. pneus, vidros e para-choques).

    Posteriormente, os VFV desmantelados (carcaças) são triturados em pequenos pedaços, onde se separam os metais (aço, alumínio, cobre, etc.) e os materiais não metálicos (espumas, borrachas, etc.). Os metais são posteriormente reciclados, em siderurgias ou fundições.

    Onde fica o centro de abate mais próximo?

    Pode encontrar a morada do centro de abate mais próximo aqui http://www.valorcar.pt/pt/lista-centros/VFV

    Em alternativa, pode contactar a VALORCAR através do 213011766 ou visitar o seu portal de internet www.valorcar.pt

Top