Home > Experiência Ford > Ford Blog > Spartan Race: corridas com um espírito guerreiro
Raptor em terra batida

27 Fevereiro,2020

Spartan Race: corridas com um espírito guerreiro

Se a simples corrida já não é suficiente para si, se gosta de emoções fortes e quer colocar à prova os seus limites, descubra as emocionantes provas em circuitos de obstáculos, como as Spartan Race

Toda a gente sabe que correr está na moda. Cada vez mais, as pessoas sabem que é importante praticar desporto para terem uma vida sã. Contudo, nas grandes cidades, é difícil encontrar tempo e espaços para fazer exercício. No entanto, o running facilita muito as coisas: qualquer sítio e momento é bom para calçar as sapatilhas e fazer alguns quilómetros. Tal como acontece com qualquer hobby, uma pessoa vai definindo metas cada vez mais exigentes; é por isso que a popularidade das maratonas e de outras corridas de longa distância não para de aumentar. Para aquelas pessoas que têm uma verdadeira alma de guerreiro e querem testar as suas capacidades, há alternativas ainda mais exigentes, como as Spartan Race.

O que são as Spartan Race?

Se correr lhe sabe a pouco e adora emoções fortes, estas corridas são à sua medida. Inspiradas no lendário treino dos soldados espartanos da Antiga Grécia, nas Spartan Race a resistência, a agilidade, os reflexos e a força são tão ou mais importantes do que a velocidade.

Ainda que haja muitos tipos de corridas com regras diferentes, de uma forma geral, todas são provas nas quais é necessário superar uma ampla variedade de obstáculos para chegar à meta. E não estamos a falar precisamente de saltar barreiras de atletismo. Entre os possíveis obstáculos há desde fossos de água e muros, até saltos por cima de fogueiras, trepar cordas, fazer saltos com equilíbrios, lançar dardos ou levantar grandes pesos.

Para ficar nos primeiros lugares, é necessário treinar arduamente e ter uma capacidade idêntica à de um atleta de elite, mas isso não significa que um desportista amador não possa participar nestas provas. Tal como acontece nas maratonas, o objetivo é sempre pessoal; não competimos contra outros participantes, mas sim contra nós próprios. Cada pessoa estabelece o seu próprio repto que pode ser bater a sua melhor marca ou apenas chegar ao fim. E mesmo que a pessoa falhe o objetivo, o mais importante é tentar.

Top